sábado, 18 de dezembro de 2010

não sei.

tem coisas que me irritam muito. profundamente. gente que não percebe que o que mais odeia tá dentro de si mesmo.
 Não sei mais no que devo pensar e como estou me sentindo. Ando tão desinteressada com tudo que seria importante que parece que nem é mais tão importante. Eu estou bem perdida. Não consigo me ver feliz sem sonhos surreais realizados. Minha vida parece que vai seguir o rumo da eterna insatisfação. Não vejo felicidade sonhada e esperada. Eu estou buscando o nada, o eterno nada; a frase não tem ponto final e eu continuo escrevendo crendo que vai ser um ponto de exclamação.

Nenhum comentário: