sexta-feira, 16 de outubro de 2009

Reflexo

Hoje, olhei no espelho e me vi mulher.
Certa, ondulada, profunda,
Esperançosa, forte e diferente.

Eu não me percebi crescer,
não estava enxergando o quanto eu mudei,
o quanto sou o que sou,
o quanto sinto o que sinto.

É outro mundo, outra etapa.
Essa etapa não acaba mais.

Descobrir uma mulher é fascinante.
São tanto detalhes, fios de cabelo,
bocas com tinta, felicidades bobas,
sorrisos quentes,
palavras soltas, fortes, roucas, loucas.

Tantas voltas dentro de um segundo,
Em torno da cintura,
Sons cegantes,
Dentro dos olhos pintados de preto.

Preto, prata, bronze, cor.
Carinho, querida.
Sentimento, bem.
Força, sempre.

Nenhum comentário: