sexta-feira, 2 de outubro de 2009

Coisas cotianas da vida da Dini

Que rasteira nos estudantes brasileiros; principalmente, os que estudam realmente! Putaqueopariu. Será impossível fazer uma prova no Brasil inteiro sem que role falcatruas? Eu duvido muito, não acredito. Até tinha esperanças: "Que lindo o Brasil se preocupando com a educação, dando oportunidade pra todo mundo entrar numa faculdade, esse país ta mundando!" Tudo por água abaixo. Eu não sei por que eu ainda tenho esperanças!
Enfim, terminei Clarissa, bem tri. Mas eu fico pensando como soa pedófilo um senhor, que é o Érico Veríssimo, escrever um livro onde ele entra na mente de uma menina de 14 anos (do tipo "meu seios estão começando a aparecer!") . Mas, fora isso, o livro é bom; nade de extraordinário, mas bom. Peguei pra ler agora uns contos da Clarice Lispector. Muito viajandão. Tem uns fofinhos até, mas tem outros que eu quero perguntar pro meu professor de literatura se tem alguma análise!

Ai ai, quero meu namorado.

3 comentários:

Lady Beat disse...

Tu achou mesmo que a preocupação do governo fosse real? Pra se fazer uma mera prova que avalia o estudo dos jovens em geral (que por sinal deveria ter uma boa média, mas não tem) é necessário responder um questionário socioeconômico (sei lá como fica com a nova regra)?

Talvez eu não tenha me expressado direito. A porcaria do questionário não fez muitas perguntas com relação aos estudos, mas, sim, 1316273 perguntas sobre posses - pedindo até mesmo o número de certos eletrodomésticos - e preconceito (isso porque em vez de se preocupar em gastar com o ensino público, o governo cria uma cota com a vaga esperança de corrigir tudo, gerando, na verdade, uma vasta onda de, principalmente, racismo). Ah, não preciso descrever mais se tu também respondeu.

Tá, eu sei o que é socioeconômico - sei que a parte do preconceito tá ligada ao “social” e as posses ao “econômico” - só não entendo o porquê de responder aquilo. Acredito que aquilo sirva apenas pro currículo do nosso querido presidente.

Se bem que conheço um monte de gente que mente nele. Então não pode ser levado a sério. Se algo não pode ser levado a sério, significa que pode ser descartado. Ou seja, perdemos tempo com algo inútil. (?) Perdemos tempo nos preocupando com a porcaria do enem e ele também não foi levado a sério. Será que os outros não ligam para os que serão o "futuro do país"?

Detesto falar sobre essas coisas, sempre acabo revoltada e filosofando. Agora que escrevi, já não tenho certeza se seria uma boa falar tudo isso. Azar, falei. Só não vale rir. :S

By the way, teu cabelo tá cat.

Giovana Orsi disse...

Eu pedi brincado pro papai do céu ''adia essa provinha'' e o idiota adiou! enfim... a falcatrua é rotina e generalizada!! Brasil!!

Giovana Orsi disse...

E agora o Enem não sai mesmo... vão ficar dançando funk e comemorando as Olímpiadas de 2016 até 2016...