sábado, 12 de setembro de 2009

Vou colocar partes que eu mais gosto ;


A felicidade é tão oposta à vida que, estando nela, a gente esquece que vive. Depois quando acaba, dure pouco, dure muito, fica apenas aquela impressão do segundo. Nem isso, impressão de hiato, de defeito de sintaxe logo corrigido, vertigem em que ninguém dá tento de si. E fica mais essa ideia que retorna-se de novo a vida, que das portas do Paraíso Terrestre em diante é sofrer e impedimento só.
Mário de Andrade - Amar, verbo intransitivo

Nenhum comentário: