sábado, 11 de julho de 2009

eu vou comprar um diário

pra escrever todos meus sonhos;
tudo que eu queria ser,
tudo que poderia ser.
Sem ninguém saber,
nem perceber.
Coisas que sonho.
Meus impossíveis sonhos.