sexta-feira, 3 de julho de 2009

Corroído


Não chore ainda, não;
não vale a pena chorar
por coisas tão inúteis
como o amor.

Apaixonar só traz dor,
promessas fúteis,
e mais vontade de estar,
com quem tu deu o coração.

Deixa essa distração
p'ra quem acredita
que o mundo poderá mudar
só amando.

-Amando tudo,
somente amando.-

Siga comigo andando
que com certeza um dia vamos desviar,
dessa mania que no mundo palpita,
de amar, se acabar por emoção.

Ela, tudo destrói,
nada sobra inteiro
só pedaços de cenas,
longos beijos e algumas risadas,
nada que nosirá faltar.

Não precisamos amar,
maldita piada,
que o povo inventa apenas;
de professor a pedreiro,
tudo um dia corrói.
-nem revisei.

Um comentário:

Vinne Caetano disse...

Que triste. =/

Curti!