quarta-feira, 10 de junho de 2009

Escuro


Eu gosto do escuro. Da escuridão em si. É mais fácil imaginar coisas, sonhar mais longe, e eu sou extremamente sonhadora. Demais. Demenos. Cabeça nas nuvens, mas os pés no chão. É tão legal imaginar outros caminhos possíveis que eu poderia ter escolhido, o chato é que as vezes me dá vontade de testá-lo e claro que não dá. Me dá vontade de visitar esses universos paralelos da minha cabeça, de como eu estaria hoje se eu dissesse sim ao invés de não, alguns arrependimentos, mas nada sufocante. Vontade de voltar pro passado, ir parafuturo, viver outro presente. Fora do ar. Fora da realidade. É bom isso. O escuro tráz tudo à tona. A eterna e imortal escuridão.

2 comentários:

Anônimo disse...

eu gosto dos seus textos, trazem à tona os pensamentos das pessoas, e idéias, talvez devessemos ter mais pessoas que escrevessem assim, apenas uma mente brilhante não da certo '-'

Vinne Caetano disse...

Te entendo perfeitamente e tu sabe disso porque já falei sobre o assunto. ^^

A estrutura dos teus textos é legal, sabia? Tu consegue fazer com que o leitor interaja com o texto. Acho legal isso. Queria saber fazer! =)