sexta-feira, 17 de abril de 2009

Reciprocidade


Hoje, enquanto estava trabalhando sentada do lado de fora da sala de aula, me distrai com um casal de velhinhos caminhando em direção ao shopping, bem devagar. A senhora estava agarrada ao braço do marido, e, com delicadeza, dava uns tapinhas na blusa dele como se fosse limpar; aquela coisa meio mãe que aparece com anos de convivência. Me peguei observando uns dois por um longo momento, as roupas, o jeito de caminhar, as mãos... E notei: a mão do braço do marido em que a senhora buscava apoio estava fechada, como se ele estivesse fechado, negando a linda visão de amor 'eterno'. O corpo estava muito rígido, os braços soltos, não dando nenhum apoio a amável senhora, que parecia se preocupar muito com ele. Então comecei a notar que o senhor a medida que andava, tentava se afastar dessa mulher que o acompanhava. Pensei: é homem. Homens são assim. Só querem desejos. Não conseguem viver sem eles. Somente com o amor. E claro! O seu ego é o dos mais altos, acredita que não merece aquela situação, que podia estar melhor. Pois então, os velhinhos continuavam andando lentamente e passa na direção contrária um casal jovem e ousado,a 'mulher gostosona' e um 'homem' - é, são todos iguais no final das contas mesmo. Andavam eles abraçados, conversando e rindo animados; o contrário do casal anterior. Talvez o casal idosos já tivessem dito tudo que havia para ser dito e agora só resta o silêncio. Somente o silêncio. Não conseguiria viver assim. Somente para uma pessoa. Me dedicar somente a ela. Não sou assim. Porém, queria ter alguémque vivesse e morresse por mim. Sim, egoísta. Mas partindo daí eu teria que demonstrar reciprocidade e eu não conseguiria. No final das contas vou acabar sozinha. Que bela tragédia.


obs. coloquei a imagem, porque a achei tão intensa e verdadeira.

3 comentários:

Bianca disse...

Lendo o seu texto me senti lendo algo meu...
Homem por mais 'gentleman' que seja, olha a bunda de outras mulheres,trai e é muito possessivo. Escrevi algo semelhante no meu blog, no dia de aniversário de morte da nossa maior representante, Beauvoir.

bjs, continue assim =D

http://longedeser.blogspot.com

Blu disse...

Essa generalização é um perigo... haha.
Não concordo que homem seja tudo igual não. Aliás, acho que ninguém é igual a ninguém.

Nossa cultura machista esteriotipa um modelo de homem. Vocês mesmas, mulheres, reforçam esse machismo com pensamentos desse tipo.

E sobre você: acabar sozinha? Duvido muito, Dinny. Se ainda não encontrou, há de chegar o dia em que alguém vá amolecer esse seu coraçãozinho. hihi

Bjo do magro, Wow!

fininhodavida.blogspot.com

fake_osment disse...

É assim mesmo. E aposto que um diz foram um casal tal feliz quanto o outro, e que ele a amou tanto quanto o outro homem. Mas, como você disse, ele é homem, e agora já se cansou dela, que ainda é uma jovem apaixonada. Beijones.
OBS: Sou a Natiih, do www.bem-caprichado.blogspot.com