terça-feira, 19 de fevereiro de 2008

Sorria pra Mim

Se lembra quando fingiamos que tinhamos crescido,
quanto tempo se passou desde de lá,
quantas histórias ouvi e quantas coisas contei,
e veja só, nós crescemos mesmo.

Deixamos todos aqueles sorrisos de lado,
esquecemos todos os minutos na cachoeira,
e seguimos a vida como viajantes sem rumo,
como se soubessemos que a estrada acabaria.

Ela não acaba hoje, nem amanhã,
ainda temos as lembranças para brincar,
ainda temos mais coisas pra contar,
por isso não me deixe sozinho na cama.

E quando cantavamos? Que belos sonhos!
Me ouça agora e fique comigo, eu não consigo esquecer,
o que tinha esquecido uns instantes atrás, alguns anos,
tudo isso me fez sentir vivo novamente.
Yádini Winter

2 comentários:

Voyers disse...

Apesar de não ires mais ao meu blog...

muito lindo teu texto.

Beijos.

Leonardo Curcino disse...

é sempre bom se sentir vivo e feliz com cada instante! :)