quinta-feira, 20 de dezembro de 2007

Amando

'as emoções são cavalos selvagens'



Quando chegar o dia em que você não estará mais aqui,
não sei como vou estar, nem o que vou sentir,
não saberei o seu cheiro, não ouvirei a sua voz,
e mesmo que não estiver, estará.

Os momentos não são feitos de vidro,
nem de cristal, nem porcelana,
são feitos dos pensamentos de que ama,
chama e clama, pelo passado.

Será lembrado para sempre,
na minha mente, não te esqueças,
que mesmo que escureça ou anoiteça,
eu vou estar ao seu lado, velando por ti.

Mas o que posso dizer agora?
Que o sangue corre quente quando passas perto,
que adoro quando me abraça, me estilhaça,
que tudo o que eu disse sempre esteve certo.

Tudo que eu disse e continuo dizendo são só algumas palavras
soltas,
roucas,
loucas;


que se repetem e me batem, me espancam,
e eu continuo gostando de tudo isso,
continuo amando.


Yádini Winter

Nenhum comentário: