terça-feira, 2 de outubro de 2007

Raios Esquecidos


Flores cor de púrpura ou amarelas, tanto faz,
hoje de manhã o sol me deu um tapa,
não tinha percebido que os raios cruzavam a janela,
ele mostrou-se pela primeira vez no mês.



Cuspiu-me na cara algumas horas passadas,
e alguns passados que não lembrava.
Coisa da minha mente, quente, quente
do sangue que transpassa as veias, correndo.



Como num passo de dança, levantei-me,
sorri, lembrei, esqueci, do outro dia
da outra hora, do outro alguém, - que vai embora.



O vento cantarolava outras sinfonias,
outros segundos se passavam, e, eu, parada,
esperando acordar, voltar à sintonia. - lembrar da minha vida, esquecida, esquecida.


Yádini Winter-
mais uma vez o tempo mexe comigo ...

Um comentário:

Bê disse...

bonito isso :D mecheu muito comigo ;P mentira ¬¬ dahsudashaiua

beijo Diny ;@