segunda-feira, 6 de agosto de 2007

Morrer sem amar é não ter vivido.

Bah, já estamos na segunda semana de aulas desde as férias, cara, já é tempinho. Semana passada passou com num giro e nem foi tão importante, afinal, todos voltando de férias e coisa e tal. Amanhã tem prova de espanhol, as beleza, é interpretação e tradução de texto, daí nem precisa estudar. No teatro, começamos a ensaiar e os testes para Romeu e Julieta, fui escolhida como uma das 3 Julietas classificadas, bem legal, até queria fazer, mas acho que não. Enfim, talvez pegue um papel a parte ou talvez nem participe. Estou com umas coisas tancadas na minah garganta, querendo sair, já to quase vomitando, ams to me controlando, não sei porque eu ainda me controlo, acho que isso me faz mal, me faz ser e me sentir mal. Ser, seilá, verbo forte; não sei quem sou. "Quem sabe que é que atire a primeira pedra." Parem de me acusar do passado, cara, eu mudo, sou ser humano, me descobrindo, eu mudo, eu mudo, eu mudo e eu prefiro, prefiro ser essa metamorfose ambulante. Isso me torna mais interessante que os outros e , cara, eu realmente adoro isso. Gosto de me sentir nova, revigorada, sabe? Gosto de novidades, não gosto de me sentir presa e rotineira, apesar de esquecer as vezes toda essa coisa da minha vida e me concentrar em, ahn, praticamente nada. Não estar nem aí p'ra nada.


[~]


Eu mudo para continuar o mesmo. - Jean Paul Sartre.


[~]


Como as pessoas tem mania de julgar os outros, fofocar e tal, claro que também fofoco, mas é aquela coisa né, é realmente muito chato. Enfim , acho que o que mais nos surpreeendemos e que podemos nos surpreender no mundo, se não for com nós mesmos, será com as outras pessoas. Sabe, acho realmente fascinante existir tanta gente diferente no mundo, queria poder conhecer e conversar com pessoas de todos os tipo, menos, claro, aquelas que são mtodas iguais, já conehci uma, não preciso conehcer o resto. é o resto mesmo, estou julgando, mas é que é a pura verdade, ao menos eu vejo isso. Tem pessoas que fazem questão de ser 'resto' , seilá, cada um cada um, mas que é chatinho é, sabe. Descobrir que metade da tua sala é igual, cara, que decepcionante! Eu realmente esperava conhecer pessoas novas nesse bairro, claro existem alguns, claro que cada pessoa é uma pessoa, mas as vezes, acho que elas se disfarçam toda iguais e se nem elas admitem o que são, como eu que vou descobri-las. EInteressante faalr isso, descobrir. Gosto desse verbo, acho que é um dos que eu mais gosto, depois de ser e sentir. Palavras são, realmente, fascinantes pra mim.


[~]


Outra coisa que me incomoda é o rancor que as pessoas tem umas pelas outras, todo esse ódio guardado, todo esse ciúme, toda essa inveja. É ruim, cara. Gente isso faz mal pro coração! Isso faz mal para o espírito, para a alma! Cara, onde tá o amor?! É clichê falar isso, mas, cara, vai dizer, é o que realmente importa no final. Morrer sem amar é não ter vivido.


[~]






"Não me envergonho de contradizer-me, pois não me envergonho de raciocinar".



- Goethe

2 comentários:

depósito de Idéias disse...

Sabes o que é mais legal nos seres humanos (tá até no meu orkut isso)? A mutação, cara!
Somos criaturas em eterna fase de mutação, transformação, raciocínio. As pessoas que não conseguem evoluir com a mesma velocidade - e inconstância - que outras, costumam julgá-las. Acho esse ato - o julgamento - mesquinho, burro e fraco. Afinal de contas, quem pode dizer o que é certo ou errado?

Existem padrões "massivos", isso é real, porém, existem os padrões mais legais e menos difundidos - e esses são os mais divertidos.

Nunca mude, mas mude sempre.

xD

=*

Ana Luiza disse...

Nada é imutável.
Desde as explicações físicas as religiosas,desde um eletron até a Natureza ao redor,tudo está em movimento.
E que bom que nós mudamos!Saber se re-inventar é uma arte!
Eu sei que é fácil falar,mas não se importe com o que falam de você;não importa a imagem que vc tente passar,não importa a postura que você tenha,cada um vai enxergar de uma forma,cada um vai ter a sua opinião.Ser mais agradável consigo mesma,ter sua aprovação interna é o mais importante-e o mais difícil.
Beijo!